Quem sou eu

Minha foto
Professora graduada no Curso Normal Superior pela Universidade de Uberaba-MG,pós-graduada em Coordenação Pedagógica-UFOP-MG, atuando na área de Ensino Fundamental e Médio.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

DINÂMICAS PARA O DIA DO MEIO AMBIENTE
"Quando deixaremos de ter um  MEIO-ambiente e obtê-lo por INTEIRO?"





O boneco

Dinâmicas de Identidade e Valores, preservação da biodiversidade
Dividir os participantes em seis subgrupos. Cada um ficará responsável por uma parte do boneco: cabeça, tronco, braços, mãos, pernas e pés.
     Cada grupo desenhará uma parte do corpo e terá duas perguntas para responder. As respostas devem ser registradas nos cartazes juntamente com o desenho. Para que os grupos tenham uma visão geral da dinâmica, é importante que se leiam todas as perguntas antes de iniciar o trabalho.
a) Cabeça: Qual a realidade ambiental que vemos? O que escutamos da sociedade sobre a preservação da biodiversidade?
b) Tronco: O que sentimos sobre a degradação ambiental? O que sentimos sobre o papel do estudante na preservação da biodiversidade?
c) Braços: Até onde podemos alcançar com nossa ação? Com quem (pessoas, entidades etc.) podemos andar de braços dados na preservação da biodiversidade?
d) Mãos: Quais os compromissos que podemos firmar enquanto grupo na preservação da biodiversidade? Quais as ferramentas que temos disponíveis na escola para divulgar nossas ideias?
e) Pernas: Que caminhos queremos tomar no desenvolvimento de ações de preservação da biodiversidade? Qual o suporte (pessoas, materiais, finanças etc.) que temos para desenvolver uma ação?
f) Pés: Que ações podemos realizar envolvendo nossa escola na preservação da biodiversidade? Que resultado desejamos com nossa ação?
 Dinâmica publicada junto ao artigo "Semana do Estudante e da participação juvenil" na edição nº 379, jornal Mundo Jovem, agosto de 2007, página 3. Fonte: Extraída da cartilha "Semana do Estudante - Há que se cuidar da vida", 2007. PJE-PJB.

O valor de uma vida

Dinâmica - Aprendendo o cuidado com os seres vivos.
Na praia a menina achou uma concha,
Uma conchinha lindinha de arrepiar.
No dia seguinte, as suas amigas
Daquela conchinha iriam gostar.
Mas dentro da concha havia um bichinho,
Vivo, vivinho, a respirar.
“Se eu levo essa concha”, pensou a menina,
“A vida do bicho vai se acabar”.
“Se eu levo essa concha o bicho não vive,
mas minhas amigas vão me elogiar.”
“Se eu levo essa concha, se eu mato esse bicho,
com esse elogio, eu vou me alegrar?”
“Se eu deixo a conchinha, se eu salvo uma vida
ninguém vai saber, mas eu vou gostar.”
Então a menina, com muito cuidado,
Deixou a conchinha nas águas do mar... 
Pedro Bandeirapoeta e escritor.

Contando histórias

Dinâmica - resgatar contos,lendas,poemas etc relacionados ao meio ambiente.
- Escrever um conto ou poema ilustrado sobre o meio ambiente, podendo usar a experiência ou somente a imaginação. Organizar um momento para a leitura e partilha destas produções.

- Pesquisar lendas da região que fazem relação com o meio ambiente. Recontá-las e adaptá-las à atual conjuntura.

- Convidar algum folclorista ou artista popular para contar lendas e histórias da sua região sobre o tema ambiental. Envolver crianças, adolescentes e jovens em encenações adaptadas aos dias atuais.
Trilha ecológica
Dinâmica - Buscar saídas para desafios ecológicos.
Este jogo tem por objetivo incentivar a pensar os desafios ecológicos de modo coletivo.

Materiais: dois dados, dois jogadores, uma trilha (caminho) desenhada com giz.

1 - Preparação:

Formar dois grupos. Cada grupo tem a tarefa de destacar cinco problemas ambientais, e pesquisar três alternativas de soluções sustentáveis para cada desafio.
Ex: poluição; lixo; aquecimento global; desertificação; alterações climáticas; extinção de espécies etc.

 As soluções devem ser encontradas pelo grupo e reveladas só no momento do jogo.

2 - Jogo:

Desenhar uma grande trilha no chão e espalhar os desafios. Cada grupo escolhe o seu jogador e o seu peão. Dada a ordem, o primeiro jogador lança o dado para ver quantas casas vai avançar. Ele precisará resolver junto com o seu grupo a situação-problema ou desafio indicado na casa onde parou. A resposta deve ser aceita pelo grupo opositor. Se acertar, permanece na nova posição e se errar volta para posição anterior. Vence o grupo que encontra as soluções para os desafios ecológicos.
Blog de tudoparaorkutmsn : tudo para orkut e msn, Divisorias para Orkut, Etc
1 - Como era o ambiente quando você era criança? Uma reflexão através da foto de infância

Objetivos: promover o auto-conhecimento através de uma apresentação pessoal utilizando uma foto de quando os integrantes eram crianças; promover a reflexão acerca da época em que a foto foi tirada, lembrando do ambiente onde vivia na época e promover a reflexão sobre o nome próprio de cada um.
Material: uma foto de quando os participantes eram crianças (solicitar previamente).
Desenvolvimento: fazer um grande círculo e solicitar que cada participante pegue a sua fotografia. Um a um apresenta-se e fala sobre a etapa de sua vida em que a foto foi tirada – algo significativo que possa lembrar – e de como era o ambiente naquela época. Em seguida, solicitar que façam comentários sobre o seu nome: se gosta ou não e por quê; o que significa; quem escolheu (se o pai ou se a mãe).
Fechamento: o coordenador da atividade pergunta ao grupo o que cada um sentiu ao realizar a atividade.

2 – Identificando-se com um elemento da natureza

Objetivo: promover uma reflexão através da associação do perfil pessoal com algum elemento escolhido entre elementos naturais diversos.
Desenvolvimento: fazer um grande círculo e passar uma caixa contendo diversos elementos naturais, entre eles sugerimos: folhas secas, pedras, galhos, flores, areia, raízes, entre outros. Solicitar que cada participante escolha um dos elementos que tenha alguma relação com suas características pessoais. Após a escolha, solicitar que cada um fale sobre o porque da escolha.
 Fechamento: o coordenador pede que devolvam os elementos para a caixa e que cada um escreva uma mensagem sobre o que a atividade despertou em cada um. Pode ser uma frase, um pensamento, um conselho, etc. Em seguida, recolhe a frase, mistura-as e lê ao grande grupo. O grande grupo tentará identificar quem escreveu a frase.

3 - De olhos vendados

Objetivos: refletir acerca da sensação quanto a ser conduzido por alguém e quanto a conduzir alguém que esteja com os olhos vendados; e aguçar o sentido pelo tato e pelo olfato.
 Desenvolvimento: dividir a turma em dois grupos. Um dos grupos utilizará uma venda nos olhos. Cada um dos que estiverem sem a venda escolherá um dos vendados. Ao sinal do coordenador, os vendados serão conduzidos, pelo pátio, pelos que estiverem sem a venda. Os condutores pedirão para que toquem em elementos da natureza e que percebam as sensações através do toque e do olfato. Poucos minutos é o suficiente. Depois, invertem-se as vendas e realiza-se a mesma atividade por mais alguns minutos.
 Fechamento: ao terminar a atividade, discutir sobre o que sentiram com a experiência, e o que mais gostaram: se de conduzir ou se de ser conduzido, e quais as sensações sentidas.
  
4 – Completar as frases
  
Objetivo: promover a troca de idéias sobre questões ambientais através de uma brincadeira de completar frases de improviso:
 Desenvolvimento: em um grande círculo, o coordenador pede que cada um diga o número da frase que será completada, lê e completa a frase fazendo algum comentário. Em seguida o papel é passado para o próximo que lê a frase seguinte. O coordenador pode iniciar essa atividade. Abaixo seguem sugestões de frases que podem ser completadas
1. Quando penso no futuro do meio ambiente, eu vejo...
2. Quando estou em um parque, eu gosto de...
3. Quando entro num ambiente sujo, com muito lixo no chão, eu penso que...
4. As datas comemorativas servem para incentivar o...
5. Sinto-me mais feliz quando...
6. Neste momento, estou muito preocupado/a com a situação da...
7. Quando estou preocupado, geralmente eu...
8. O que mais me deixa triste em relação ao meio ambiente é...
9. Eu me sinto integrado a natureza quando...
10. Quando alguém desperdiça água, eu...
11.  No dia do Meio Ambiente, eu...
12.  Fico muito alegre quando...
13.  Tenho uma vergonha enorme de...
14.  O que mais me entristece é...
15.  Minha maior esperança é um dia...
16.  Às vezes, eu me sinto como se...
17.  Quando falam em poluição eu...
18.  Para mim, a reciclagem é...
19.  A vida é um bem precioso que deve ser...
20.  Quando leio nos jornais notícias sobre catástrofes ambientais, eu...
21.  Quando vou ao super mercado, eu...
22.  Eu colaboro com a natureza quando...
23.  Para mim o ambiente é...
24.  Tenho muito medo de...
25.  O desmatamento é triste porque...
26.  O que mais me irrita é...
27.  Adoro...
28.  Detesto...
29.  Acredito...
30.  Sobre o tráfico de animais silvestres penso que...
31.  Conscientização ambiental é...
32.  Ser ambientalmente responsável é...
33.  Para mim o maior problema ambiental é...
34.  Os acidentes de trânsito são uma conseqüência de...
35.  O desequilíbrio ecológico é quando...
36.  Sobre a alimentação, penso que os alimentos industrializados são...
37.  ...

 

5 - O que pensamos e sentimos em relação ao ambiente


Objetivos: promover a revelação de informações ou características ainda não conhecidas acerca dos membros do grupo, bem como integrar e proporcionar um melhor conhecimento sobre o meio ambiente.  
Material: cartelas previamente elaboradas, contendo uma pergunta (conforme lista de sugestões a seguir, outras a critério do facilitador ou levantadas pelo próprio grupo).  
Desenvolvimento:
a.Elaborar cartelas, previamente, contendo uma pergunta em cada.
b.Formar um círculo com os participantes, todos no chão, e colocar as cartelas no centro, com as perguntas viradas para baixo.
c.Explicar que cada cartela tem uma pergunta no verso.
d.Solicitar um voluntário e orientá-lo a pegar uma cartela e responder a pergunta que está nela.
e.Logo após, mais um voluntário, e mais outro, até que todos tenham participado.
 (Salientar que não há respostas certas ou erradas e que a intenção é somente proporcionar uma reflexão sobre as perguntas da dinâmica)

Sugestões de perguntas:


1. O que você faz para poupar água?
2. O que você pode fazer para poupar energia elétrica?
3. O que você pode fazer para diminuir a produção de lixo?
4. O que você faz para colaborar com o meio ambiente?
5. O que você mais gosta na natureza?
6. Você se considera parte da natureza? Por quê?
7. Qual a importância da água?
8. Qual a importância da terra?
9. Qual é o maior problema ambiental, para você?
10. A pobreza é um problema ambiental? Por quê?
11. A superpopulação é um problema ambiental? Por quê?
12. O que você pensa sobre pássaros em gaiolas?
13. O que você pensa sobre o consumismo?
14. Como você se sente quando vê pessoas com más posturas ambientais?
15. Qual o lugar que você mais gosta de estar? Por quê?
16. Para você, quais as diferenças entre viver em um ambiente urbano (cidade) e um ambiente rural (campo)?
17. Para você, por quê é tão difícil mudar hábitos e atitudes?
18. Você acha que a escola colabora com o meio ambiente?
19. O que você traz de lanche para a escola?
20. Você se preocupa com o meio ambiente? Por quê?

6 - Em três palavras – associando assuntos ambientais


Esta dinâmica de reflexão se presta para ocasiões em que não se tem muito tempo, mas se pretende dar oportunidade para que todos consigam expressar seu sentimento em relação a algum assunto sobre o meio ambiente. O coordenador escolhe um assunto, conversa sobre ele e solicita que cada participante diga três palavras que, segundo seu ponto de vista, mais se relacionam com o assunto. O coordenador pode escolher quantos assuntos quiser trabalhar, de acordo com o tempo que tem a sua disposição para a atividade.
Dinâmicas disponíveis no Projeto Apoema – Educação Ambiental


Dinâmica: LIXO contra MEIO AMBIENTE

- Participantes: Em torno de 20 pessoas.

- Tempo Estimado: 20 min.

- Modalidade: Meio Ambiente.

- Objetivo: Desenvolver uma preocupação de preservação do meio ambiente que vivemos e se preocupar com as pessoas que vivem em locais críticos como próximo de córregos e rios.

- Material: Um salão ou o próprio local fechado onde o grupo se reúne, vassouras de acordo c/ o número de participantes, pazinhas de lixo, 4 baldes pequenos com saco de lixo, bastante papel picado e sujeira de acordo com que você ache conveniente para jogar no salão, bancos e/ou cadeiras e um barbante um pouco maior que a largura da sala onde se aplicará a dinâmica.

- Descrição: Antes que o pessoal entre no salão, forme um espaço grande retangular dentro do salão com as cadeiras e/ou bancos. Espalhe o lixo de forma que todo o espaço que você formou tenha este lixo. Pegue os baldes e espalhe pelo salão, preferencialmente debaixo das cadeiras e/ou bancos de maneira que não fique muito oculto. Espalhe as vassouras e pazinhas de lixo próximo do local.
Divida o espaço em dois com o barbante. Verificando que o local está uma verdadeira sujeira, convida-os para oração inicial dentro do espaço com o lixo. Eles certamente não se sentirão à vontade, mas faça a oração inicial mesmo assim.
Logo depois o ANIMADOR explica que teremos uma dinâmica com dois times (sugestão: pode ser moças contra os rapazes), cada time deverá se livrar da sujeira antes do outro, aquele time que terminar delimpar antes será o vencedor. Enquanto eles estiverem limpando você escolhe duas pessoas (OS BAGUNÇADORES) de cada time para bagunçar e sujar a área do adversário, peça para espalhar a sujeira do outro, pegar o lixo que estiver no balde e espalhar novamente, fazendo com quê a turma empurre o lixo para a área do time adversário. Após um 15 minutos peça para todos pararem e sentarem (inclusive os BAGUNÇADORES) e inicie os questionamentos.

Possíveis questionamentos:

- Será que realmente nos preocupamos em zelar pelo nosso meio ambiente?

- Será que sempre tentamos nos livrar das sujeiras em frente da nossa casa empurrando o lixo para frente da calçada do vizinho, como hoje estávamos jogando o lixo na área do outro time?

- Será que ao se livrarmos dos nossos lixos nós se preocupamos em não deixar as águas das chuvas levar esses lixos para bueiros, córregos, rios etc. provocando enchentes e inundações nas casas das pessoas que moram em locais críticos ?

- Será que ao atirarmos um saco de lixo em terrenos baldios nós se preocupamos com os moradores ao redor que ficam expostos à proliferação de insetos e ratos, causando doenças à seus familiares?

- Será que quando chupamos uma bala, uma pastilha, um sorvete etc. nos preocupamos em jogar a embalagem no lixo ou desistimos rapidamente de achar um lixo e jogamos a embalagem no chão?

- Que tal ao vermos um de nossos amigos jogando a embalagem de bala no chão, chamássemos a atenção dele para guardar aquela embalagem no bolso até encontrar uma lixeira? Imagine se ele habitua-se a fazer isso e passar esses pensamentos aos conhecidos dele!



Nenhum comentário:

Postar um comentário