Quem sou eu

Minha foto
Professora graduada no Curso Normal Superior pela Universidade de Uberaba-MG,pós-graduada em Coordenação Pedagógica-UFOP-MG, atuando na área de Ensino Fundamental e Médio.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

SINAIS  DE PONTUAÇÃO

Dados da Aula

O que o aluno poderá aprender com esta aula
- Identificar e nomear os sinais de pontuação.
 - Relacionar a pontuação à entonação da leitura.
 - Utilizar a pontuação na escrita de textos.
Duração das atividades
2 aulas de 60 minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Ter familiaridade com textos orais para perceber diferentes formas de leitura, tanto quanto a entonação, quanto a pontuação.
Estratégias e recursos da aula
1ª Atividade:
 Jogo: O que mudou?
Entregue uma folha de papel com dois textos iguais, só que o primeiro não terá pontuação, e o segundo sim. Peça para lerem silenciosamente e marcarem as diferenças encontradas.
 Exemplo: A coruja e a águia
Coruja e águia, depois de muita briga, resolveram fazer as pazes.
- Basta de guerra - disse a coruja. O mundo é tão grande, e tolice maior que o mundo é andarmos a comer os filhotes uma da outra.
- Perfeitamente - respondeu a águia.
 - Também eu não quero outra coisa.
- Nesse caso combinemos isso: de ora em diante não comerás nunca os meus filhotes.
- Muito bem. Mas como vou distinguir os teus filhotes?
- Coisa fácil. Sempre que encontrares uns borrachos lindos, bem feitinhos de corpo, alegres, cheio de uma graça especial que não existe em filhote de nenhuma outra ave, já sabes, são os meus.
- Está feito! - concluiu a águia.
Dias depois, andando à caça, a águia encontrou um ninho com três monstrengos dentro, que piavam de bico muito aberto.
- Horríveis bichos! - disse ela. Vê-se logo que não são os filhos da coruja.
E comeu-os.
Mas eram os filhos da coruja. Ao regressar à toca a triste mãe chorou amargamente o desastre e foi justar contas com a rainha das aves.
- Quê? - disse esta, admirada. Eram teus filhos aqueles monstreguinhos? Pois, olha, não se pareciam nada com o retrato que deles me fizeste...
MORAL: Quem o feio ama, bonito lhe parece.
Fábula de Esopo
Reúna os alunos em uma roda e converse sobre o texto:
 - Como vocês se sentiram lendo cada um dos textos?
 - O que vocês observaram que havia mudado?
 - Para que vocês acham que sevem os sinais de pontuação?  
 Anote as respostas dadas pelos alunos numa cartolina e coloque no mural.





SUGESTÃO DE PARADIDÁTICO:





SINOPSE:

O livro A Rebelião da Pontuação conta a história de Bruno, uma criança que durante a noite está lendo um livro e de repente aparece um ponto de interrogação (?) que quer começar uma greve porque ele e seus amigos querem trabalhar de outro jeito. A partir daí, muitos acontecimentos engraçados se sucedem, até os sinais de pontuação descobrirem que são muito importantes na nossa vida. É um livro infantil que não pode faltar na mochila das crianças. Ficou fácil aprender!

[pontuação]
[PONTUA~1.JPG]

ATIVIDADES:
PONTUE O TEXTO ABAIXO:

OS TRÊS CABRITINHOS

Segundo Gudrun Thorne-Thomsen, do livro East of the Sun and West on the Moon.http://www.clubedobebe.com.br/HomePage/Fabulas/ostrescabritinhos.htm

"Era uma vez três Cabritinhos Travessos que costumavam pastar numa colina onde havia um capim bem verdinho. Para se chegar lá, porém, tinham que atravessar uma ponte embaixo da qual morava uma bruxa terrível e horrorosa, que tinha um nariz curvo e comprido e uns olhos enormes, bem arregalados.
Um dia, quando o sol já se ia escondendo, lá foram os Cabritinhos Travessos pastar.
Na frente, vinha o cabritinho mais novo atravessando a ponte: Trip, trap, trip, trap...
- Quem está caminhando sobre a minha ponte? Rosnou a megera.
- Sou eu, o Cabritinho Caçula. Vou pastar lá na colina para ficar bem gordinho, disse o menor de todos, com um fiozinho de voz.
- Espera aí que já vou te devorar, respondeu a bruxa.
- Oh, não, por favor! Eu sou tão magrinho, disse o Caçula. Espere um pouquinho, que já vem aí o meu irmão mais velho, ele é muito maior do que eu.
Ouvindo isto, a Bruxa resolveu esperar o outro cabritinho.
"Trip, trap, trip, trap..."
- Quem está passando na minha ponte?
- Sou eu, o segundo Cabritinho. Vou pastar lá na colina, para engordar um pouco.
- Espera aí, já vou te comer.
- Por favor, dona Bruxa, deixe-me passar. Lá vem vindo o meu irmão mais velho. Ele é muito maior do que eu.
A Bruxa ficou esperando.
"Trip, trap, trip, trap..."
- Quem está passando aí na minha ponte?
- Sou eu, o maior dos cabritos.
- Espera aí, vou te comer todo de uma vez.
Mas, dessa vez a resposta foi bem diferente:
"Venha, que sou bem valente!
De bruxas não temo o berro.
Pra isso, tenho bons dentes,
e chifres que são de ferro!"
A Bruxa tentou agarrar o cabrito, mas ele não perdeu tempo: avançou sobre ela, empurrou-a com os chifres e atirou-a dentro do rio que passava em baixo da ponte. Depois, calmamente, foi reunir-se aos irmãos, no pasto da colina. Os três cabritinhos engordaram tanto, que mal puderam voltar para casa. Quanto à bruxa, nunca mais se ouviu falar nela."
- Após a leitura, encaminhar a discussão do texto no coletivo, pedindo a observação e compreensão do uso do ponto de interrogação, ponto de exclamação, reticências e travessão.

ATIVIDADE 1:
- Fazer, junto com a classe, a atividade abaixo:
A) Observe que na fábula “OS TRÊS CABRITINHOS” aparecem mu itas falas das personagens. Algumas delas são perguntas e outras são respostas. Todas as vezes que aparece uma pergunta feita pela bruxa aparece também um sinal de pontuação.
- Copie do texto a fala feita pela bruxa aos carneirinhos, quando estes atravessavam a ponte.
Agora responda: Nesta frase usou-se o ponto de _____________________, que usamos para__________ ___________________________________________
B) Nessa fábula aparece o sinal de exclamação (!). Ele é usado para indicar:
( ) uma pergunta;
( ) um sentimento de espanto.
C) Copie do texto uma frase que tenha ponto de exclamação.
________________________________________________________________________
D) No texto aparece o sinal de travessão (-) Ele serve para:
( ) Indicar um diálogo.
( ) Indicar
E) Copie do texto uma frase que tem sinal de travessão (-):
________________________________________________________________________
F) Observe as cenas e forme frases utilizando o sinal de pontuação em destaque.
                                Montagem elaborado pela autora
ATIVIDADE 2:
- Professor, monte uma história em quadrinhos sem pontuação. Distribua o material para a classe e faça a leitura. Peça que todos prestem bastante atenção que não há pontuação.
- Ler novamente a história em quadrinhos para a classe agora usando sinais de pontuação e a entonação correta das falas. Mostrar aos alunos a importância, as diferenças e as particularidades do uso dos sinais de pontuação que aparecem na história em quadrinhos que foi lida. Pedir aos alunos que pontuem a história em quadrinho que foi distribuída.
- Faça, com a turma, a correção do texto.
SUGESTÃO DE ATIVIDADE 3:
- Selecionar um texto (aventura, comédia etc.) para ser apresentado pelos alunos em formato de teatro. O importante é que tenham os sinais de (?), ( ! ) e (...).
- Ler o texto com os alunos.
- Dividir a turma nos personagens do texto selecionado que serão os interrogadores (usará o ponto de interrogação), os que exclamam (usará o ponto de exclamação), os inseguros e incertos (que usarão reticências).
- Confeccionar, junto com os alunos, o sinal de pontuação mais freqüente na sua fala. Para isto use papel cartão medindo 25 x 25 cm e fixe na parte da frente da blusa dos “atores”.
- Durante o ensaio da peça teatral conversar, com a classe, indagando a importância dos gestos, expressões e entonação da voz para a representação do teatro. Questionar a importância do planejamento da interpretação para que o sentido da peça seja bem compreendido pelo público.
- Programar a apresentação do teatro dentro do calendário de projetos da escola. Ex: Semana Literária; Festa da Família, etc.
Avaliação
  • Compreender que os sinais de pontuação exercem um papel essencial na leitura e na produção de textos.


TIRINHAS E PONTUAÇÃO


Reescreva o diálogo das tirinhas abaixo usando a pontuação adequada.
                                        a-

                                       b-



Nenhum comentário:

Postar um comentário